4 Dúvidas Frequentes de Uma Grávida Vegana Sobre Alimentação

O período de gestação é quando devemos nos preocupar mais com a alimentação. Você é uma grávida vegana e quer elucidar algumas dúvidas? Leia o post.

grávida vegana | Mulher grávida comendo salada fresca
Fonte: Freepik

Se você é iniciante no veganismo e ainda têm dúvidas sobre como se alimentar durante a gravidez, o melhor a fazer é entender o que você e seu bebê precisam nessa fase.

Em primeiro lugar esqueça aquela história de que as grávidas devem comer por dois.

Por certo, você sentirá mais fome do que o normal, mas nada assim tão exagerado.

A segunda coisa é que pode ficar despreocupada, pois a dieta vegana não prejudicará sua gravidez, contanto que siga as recomendações adequadas.

Portanto, se é uma grávida vegana, sugiro que continue acompanhando o blog, leia o post até o final e passe a gravidez com tranquilidade.

Verá que não existe bicho de sete cabeças e que seu bebê não corre risco algum. Basta que ingira todos os alimentos necessários.

Tudo depende de um cuidado maior para ter uma alimentação variada, saudável e com alto valor nutricional.

Desse modo, se veja as informações que apresentarei neste artigo e lembre-se de compartilhá-lo!

Conheça as 4 Dúvidas Mais Frequentes da Grávida Vegana

grávida vegana | Amo o corpo de alimentos alimentação infantil
Fonte: Onlyyouqj

1. A Dieta Vegana Pode Prejudicar Meu Bebê?

Bem, vamos falar sinceramente sobre este assunto, já que é de extrema importância.

Certamente, você já ouviu muitas coisas a respeito do veganismo durante a gravidez e uma delas é que a grávida vegana pode colocar a vida do seu filho em risco.

Posso te garantir que seu bebê só sofrerá com isso se não se alimentar adequadamente.

Desse modo, é necessário ter em mãos todas as informações sobre os nutrientes que deve ingerir diariamente.

Mas isto qualquer gestante precisa fazer não é mesmo? Seja ela uma grávida vegana ou não, é fundamental que se preocupe mais com a alimentação nesse momento.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, a dieta vegana pode promover deficiência em ferro, proteínas, cálcio, vitamina B12 e D e isso pode prejudicar o desenvolvimento do bebê.

Por isso, a recomendação é que se faça o uso de suplementos a fim de atingir suas necessidades nutricionais.

Não se preocupe, pois no final do post falarei sobre como uma grávida vegana deve se alimentar e todos os nutrientes que deve ingerir.

Em suma, não é preciso se preocupar com a dieta sem carnes, laticínios e derivados, ovos etc.

Com toda a certeza todos estes alimentos podem ser substituídos sem nenhum tipo de perda nutricional e mamãe e bebê ficarão bem e saudáveis.

2. Uma Grávida Vegana Pode se Sentir 100% Segura?

Segundo uma publicação no Journal of The Academy of Nutrition and Dietetics, a dieta vegana pode ser considerada segura para as gestantes.

Isso porque a mesma incentiva uma alimentação variada de alimentos quase sempre saudáveis.

Falo quase sempre, pois nem todos os veganos levam uma dieta saudável, tendo em vista que o alto consumo de alimentos industrializados, açúcar, fritura et. Pode levar ao sobrepeso, doenças cardíacas etc.

Por outro lado se você é uma grávida vegana que se preocupa em ingerir alimentos naturais e saudáveis, ambos aí terão muitos benefícios.

Por exemplo, ajuda na prevenção de algumas doenças e tratamento de outras. Veja quais:

  • Doenças cardíacas
  • Diabetes
  • Hipertensão arterial
  • Alguns tipos de câncer
  • Obesidade

Desse modo, a resposta é sim. A dieta vegana é muito segura tanto para a mamãe quanto para o bebê.

No entanto, é sempre recomendado consultar seu médico e manter um acompanhamento permanente e de perto.

3. A Mamãe Vegana Pode Amamentar?

A grávida vegana pode ficar totalmente despreocupada em relação à isso, pois nada a impede de amamentar sua cria.

Portanto, ela não só pode como deve amamentar quanto tempo desejar, afinal isto fará bem aos dois.

O bebê terá um leite altamente nutritivo e a mãe poderá voltar ao seu corpo em pouco tempo, basta que mantenha uma dieta vegana saudável.

Todavia, é necessário fazer um acompanhamento religioso com um nutricionista e com pediatra.

O objetivo desse acompanhamento mais rigoroso é garantir que o bebê receba diariamente todos os minerais e vitaminas necessários para o seu desenvolvimento.

Por exemplo, é fundamental que os bebês recebam uma quantidade de cálcio adequado a fim de ter um bom desenvolvimento dos ossos e dentes.

A mãe tem algumas opções que garantirão um leite nutritivo. Ela pode caprichar na alimentação, mas também utilizar suplementos previamente ministrados pelo nutricionista.

Alguns alimentos específicos ainda podem ajudar nisso, são os leites de soja e sucos fortificados, tofu com sulfato de cálcio e os vegetais verde-escuros.

Vale ressaltar que estamos falando sobre a alimentação da mamãe que amamenta.

Sendo assim, se pretende que seu filho mantenha uma dieta vegana posteriormente, saiba que será necessário um acompanhamento extremamente rigoroso com pediatra e nutricionista.

Também será necessário realizar vários exames regularmente. Assim garantirá a saúde do pequeno ou pequena.

4. Quais Nutrientes Não Podem Ficar de Fora da Dieta da Grávida Vegana?

Vamos então colocar a mão na massa e falar como deve ser a alimentação da grávida vegana na prática.

Desse modo, confira a seguir os nutrientes que você deve ingerir diariamente:

Cálcio

O cálcio é essencial na formação dos ossos do seu bebê e pode ser encontrado no feijão, verduras e frutas.

Entretanto, tenha em mente que o grau de absorção de alimentos não lácteos é ais baixa e pode variar entre 5% e 50%.

Ferro

O ferro é um dos nutrientes com funções mais importantes na gravidez. Ele é o responsável direto por seu filho se desenvolver adequadamente.

Sendo assim, o recomendado é que a grávida vegana, assim como todas as outras consuma 27 gramas do nutriente por dia.

O ferro pode ser encontrado em leguminosas e vegetais verde-escuros e nosso organismo absorve melhor o mesmo na presença da vitamina C.

Por isso, é importante acrescentar frutas cítricas variadas no cardápio, principalmente quando ingerir alimento ou suplementos com ferro.

Proteína

Sem dúvida, a necessidade de proteína na gravidez é ainda maior já que ela auxilia na formação dos hormônios e células do bebê.

As proteínas são facilmente encontradas em leguminosas, abacate, nozes, cacau em pó, gergelim, açúcar etc.

Fora estes nutrientes principais a grávida vegana também deve consumir:

  • Vitamina D
  • Ácido fólico
  • Zinco
  • Vitamina B12

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *