7 Dicas de Especialistas Para Manter a Dieta Vegana na Viagem

Pensando em fazer aquela viagem dos sonhos, mas não fala bem o idioma de lá? Veja dicas infalíveis para manter a dieta vegana na viagem.

dieta vegana na viagem | Mulher feliz com a amiga tomando café da manhã juntos
Fonte: Freepik

Então você vai fazer sua primeira viagem internacional, não conhece o idioma local e está com receio de não conseguir dieta vegana na viagem.

Mesmo veganos já experientes costuma sentir dificuldades em levar sua dieta vegana na viagem, principalmente quando não se domina o idioma e não conhece ninguém.

Se você já passou por esse tipo de situação ou se está prestes a viajar, confira na sequência dicas valiosas de comedores de plantas com vários carimbos no passaporte.

Dicas Para Conseguir Manter Sua Dieta Vegana na Viagem

dieta vegana na viagem | Menina bebendo suco fresco de um coco à beira da piscina
Fonte: Freepik

A partir de hoje sua vida vegana será facilitada e as viagens já não serão um transtorno. Veja as dicas.

1. Descubra Onde os Veganos Locais Comem

Em primeiro lugar, antes de chegar ao seu destino é necessário buscar informações sobre onde os veganos do local costumam se alimentar.

Existem aplicativos específicos para os e veganos do mundo inteiro já descobriram tal facilidade.

Um dos aplicativos mais sados é o Happy Cow que guarda um poderoso banco de dados com lugares veganos e vegetarianos em todo o planeta.

O santo aplicativo ainda tem uma versão em site e você pode acessar agora mesmo, basta fazer a tradução da página e terá acesso a muitos lugares para comer.

Uma dica boa é verificar os sites e páginas dos restaurantes e lanchonetes que encontrar a fim de verificar informações sobre preço, tipo de comida servida, localização, horários etc.

O aplicativo realmente é uma mão na roda, mas por outro lado, é preciso verificar bem a localização desses recintos. Não vá a locais perigosos.

Analise também os preços e evite passar por situações constrangedoras.

2. Aprenda a Pedir

Tenha em mente que nem todas as pessoas e nem todos os locais onde você visitará terão a consciência do que é veganismo ou vegetarianismo.

É bem comum os veganos pedirem “comida vegana”. Nunca faça isso, pois você corre o risco de prepararem uma massa e colocarem caldo de carne no molho.

Então, a saída é ver o cardápio e escolher um prato que dê para retirar os derivados de bicho.

No enatando, isso só vai funcionar se você dominar um pouco do idioma de onde estiver.

Que tal, antes de fazer a viagem aprender a falar que não come nada de origem animal?

Com toda a certeza vai te ajudar muito a manter sua dieta vegana na viagem.

Uma dica é pedir uma massa, macarrão, pizza com vegetais, é uma saída quando as coisas estão complicadas.

3. Descubra os Vegetais da Região

Conseguir levar uma dieta vegana na viagem fica bem mais fácil quando conhecemos a culinária da região.

Se puder conversar com moradores, tenha a certeza que é a melhor alternativa, mas se o idioma for um problema, pesquise antes.

Escolheu o lugar? Então o próximo passo é correr até o Google e pesquisar sobre o que se come por lá.

Assim, já terá em mente as possibilidades de comida que poderá pedir.

Geralmente, as páginas de restaurantes no Facebook compartilham seus cardápios. Estra é uma ótima oportunidade para montar seu cardápio antes de viajar.

Sem dúvida, o melhor é não arriscar comer em locais não veganos, pois fica mais fácil olhar um cardápio sortido.

4. Leve Lanches Prontos

Por segurança, o indicado é sempre ter em mãos algumas comidinhas industrializadas e veganas.

Você não tem noção de como isso pode te ajudar a levar a dieta vegana na viagem.

Pacotinhos de granola, castanhas, nozes, amências, leite de soja, mantenha uma garrafa térmica com água quente, geleia de amendoim, frutas secas, bolachas integrais etc.

Estas coisas cabem sem problema em sua bagagem de mão e te proporcionará uma economia, principalmente nos aeroportos que costumam ser caros.

Por falar em aeroporto, nem sempre as companhias aéreas possuem comidas veganas no cardápio, pense nisso.

5. Entre em Contato com o Hotel

Que tal fazer um contato antecipado com os hotéis e falar sobre suas opções alimentares?

É bem possível que encontre alguns que oferecem um cardápio diversificado e se encontrar um que tenha restaurante, melhor ainda.

Sabia que alguns estabelecimentos oferecem fogão no quarto? Normalmente não são os 5 estrelas, mas podem atender às suas necessidades.

No próprio hotel é possível pedir orientação sobre restaurantes veganos que fiquem por perto.

6. Primeiro o Restaurante Depois o Hotel

dieta vegana na viagem | Spaghetti picantes com frutos do mar.
Fonte: Freepik

Quando o assunto é veganismo e viagem, devemos nos preocupar em primeiro lugar, com o local onde vamos comer.

Portanto, o primeiro passo aqui é procurar por restaurantes e depois começar a analisar pousadas e hotéis que fiquem por perto.

Desse, modo não correrá o risco de atravessar a cidade com intuito de fazer uma boa refeição vegana.

Vai por mim, seguir sua dieta vegana na viagem será bem fácil se a pousada ficar próxima ao restaurante.

Nada te impede de marcar uma lanchonete próxima a cada ponto turístico. Faça uma lista legal.

7. Quando Não Existem Restaurantes Veganos?

Provavelmente, você viajará para locais onde simplesmente não existirá um ambiente especializado em comida vegana.

Então, a melhor coisa a fazer é se precaver. Esta é uma das melhores dicas em se tratando de seguir adequadamente a dieta vegana na viagem.

Procure por ambientes que servem comidas típicas, pois alguns países têm o costume de ter pratos veganos.

Por exemplo, mexicanos, indianos, etíopes, tailandeses e os povos do mediterrâneo.

Por certo, nestes restaurantes será fácil encontrar pratos feitos sem produtos de origem animal.

Tome um pouco mais de cuidado com os indianos e tailandeses, pois alguns molhos podem esconder carne e leite.

Sendo assim, não custa nada perguntar o que tem na receita e informar que é vegano.

É bem possível que caso não tenha nada vegano, eles te indiquem um prato em que possam retirar alguns ingredientes.

Não domina o idioma, tenha sempre o celular por perto e com internet à vontade.

Mais alguma dúvida sobre como manter uma dieta vegana na viagem? Aguardo seu comentário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *